Selecione o tipo de erro abaixo

Tradutora: Pam pam



Guia de Leitura:
Textos com travessão (—): Fala dos personagens.

Textos em aspas duplas (“”): Representam pensamentos.


— Quem são os traidores? Você sabe o nome deles? — Gu Jun perguntou. 

Pavão negou com a cabeça e disse: 

— De acordo com o professor Jóia Brilhante, parte do legado se perdeu no tempo, mas existem registros de um “feitiço secreto” que revela quem são os traidores. Aparentemente, houve uma invasão secreta e não um motim repentino.

Gu Jun ficou quieto.

“Talvez esse ‘Feitiço Secreto’ não seja no sentido literal, pode ser um codinome…”. Ele tentou fazer mais algumas perguntas, mas “O líder e os professores” não tinham mais informações úteis. 

 — Manter um legado vivo é um trabalho árduo durante anos de peregrinação — Pavão suspirou. — Especialmente quando se trata de segredos que só são acessíveis aos líderes e professores. Senhor Homem Pesadelo, por favor, veja pelo nosso lado.

— Claro. 

Gu Jun levantou a cabeça para o céu, a noite tinha chegado. No entanto, o deserto de Bnazic era diferente dos outros lugares das terras Oníricas, a noite aqui parecia possuir seu próprio brilho. Tanto é que ele podia ver claramente a areia à sua volta, sem precisar de nenhuma fonte de luz.

— Senhor, e os Manuscritos Pnakóticos? — a voz de Pavão estava cheia de expectativa. Gu Jun não respondeu. Tudo o que ele fez foi andar ao redor da rocha enquanto segurava a escama, e a pele da criatura…

— Pavão, você pode projetar para mim um sonho bom? 

Se pudesse ter um vislumbre de um desses sonhos, ele poderia obter mais informações. No entanto, ela disse que ninguém da tribo sabia fazer isso.

Gu Jun se questionou se toda a cidade das Centelhas para pavão equivalia a mansão assombrada. No entanto, ao contrário do guarda, ela existia fisicamente na terra dos sonhos, não era apenas a projeção de uma alucinação…

“Vocês estão me fazendo de idiota…”

Gu Jun respirou fundo enquanto tentava suprimir os sussurros que vinham de um canto sombrio de sua mente. Ele pensou consigo mesmo:

“Sou um médico, então eu deveria analisar a situação de forma objetiva e clínica.”

Nesse caso, não foi tão difícil. Tanto Pavão quanto Malaquita sofriam da clássica esquizofrenia.

Esquizofrenia é um transtorno mental bastante comum, alucinações e ilusões são os principais sintomas. Na alucinação, a paranoia é algo constante. Pavão sofria de Esquizofrenia Paranoide mesmo quando estava em um estado perfeitamente consciente. A destruição do mundo humano, o posssível genocídio dos viajantes da terra, ela acreditava em todas essas coisas com todo o seu coração. Até seu objetivo de vida, memórias e inteligência foram todos afetados pela doença. Resumindo, ela endoidou de vez. 

Era um clichê bastante comum nos filmes de terror, aqueles que tinham visto fantasmas acabarem sofrendo de esquizofrenia, mas para seu próprio bem, Gu Jun esperava que toda a imaginação daquela garota fizesse parte de alguma produção de ficção ou então o herói Phecda aqui estaria em sérios apuros…

—  Pavão, você sonha quando dorme? —  ele perguntou querendo explorar mais esse fenômeno, mas, pelo ponto de vista médico.

—  Claro.—  respondeu Pavão, embora não conseguisse raciocinar direito. 

Gu Jun acenou com a cabeça silenciosamente. A atividade do sonho veio do subconsciente. O que havia no subconsciente dela? Sua verdadeira infância? Ele não acha que essa mulher cresceu na “Cidade das Centelhas”, na verdade não conseguia nem acreditar que os dois partiram daqui para Dylath-Leen também porque não havia literalmente nenhum sinal da população humana aqui.

— Há alguma casa com camas aqui?— perguntou. — Não precisa ser muito grande, só o suficiente para você deitar confortavelmente.

Ele virou-se para o resto do grupo. O rosto de Pavão começou a ficar rosado.

— Senhor, o que você está planejando?

— É sério?— Gu Jun suspirou. — Estou apenas me preparando para lhe dar os Manuscritos Pnakóticos, mas para isso, precisamos de um ambiente tranquilo para que você esteja em um estado relaxado.

Na verdade, isso  não era o que ele tinha em mente, o plano era hipnotizar Pavão e explorar seu subconsciente, assim como a Irmã Liang fez com ele.

— Ah, tudo bem. — seu rosto não ficou menos rosado. —  Lamento pelo mal-entendido! Por favor, não fique chateado.

— Tudo bem. — Gu Jun acenou com as mãos. Tudo seria ainda mais trabalhoso se ela ficasse muito nervosa. — Vamos indo, antes que eu mude de ideia.

Então os dois foram andando em círculo até chegar em uma pequena sala. O líder e os outros ficaram do lado de fora. Pavão estava muito nervosa, confusa e animada. Ela reclinou-se sobre a pequena cama de madeira dentro do quarto (Mesmo que na realidade estivesse deitada na areia, mas a partir de suas expressões, você nunca imaginaria que aquela jovem estivesse sobre a orla). Para facilitar esse tratamento, Gu Jun sentou-se ao lado da cama de madeira (sentou-se na areia também).

Graças ao seu treinamento em psicologia e psiquiatria, ele sabia como fazer sugestões e iniciar a hipnose, mas o problema era que mal conseguia fazer contato visual com sua “paciente” muito menos lhe oferecer um sorriso. De qualquer forma, o primeiro passo foi fazer Pavão relaxar completamente para que ela ficasse suscetível à hipnose. Ele imitou a técnica da Irmã Liang e perguntou sobre seus hobbies, evitando qualquer tópico sobre a tribo.

— Eu não tenho muitos hobbies. — disse Pavão com um sorriso triste. — Quem tem tempo pra isso…

Não era fácil fazer uma pessoa tão cautelosa abrir seu coração, Gu Jun agora entendeu o trabalho que a Irmã Liang deve ter tido com ele.

— Tenho certeza que faz alguma coisa depois que termina o trabalho. — ele tentou formar um vínculo com Pavão. — Pode me contar qualquer coisa, nada vai sair desta sala.

Gu Jun não tinha nenhum poder sobre ela, mas o que precisava agora era fazê-la confiar nele. Ele tentou abrir seu coração na esperança de que pavão fizesse o mesmo.

— Hmmm… — Pavão deu um longo suspiro como se tivesse tirado um peso das suas costas. — Na verdade, eu gosto de cantar, gosto de cantar desde pequena. Acho que não há nenhum motivo especial. Eu sei cantar cada canção da nossa tribo…

— E as músicas das outras pessoas? — Gu Jun tentou afastá-la de sua identidade como Pavão da Cidade das Centelhas.

— Aprendi um pouco quando fui nas missões de exploração. —  disse Pavão baixinho. — Ulthar tem músicas maravilhosas, provavelmente tem a ver com seu estilo de vida pacífico.

Os dois ficaram conversando sobre canções e diferentes tipos de músicas, ocasionalmente lembrando-a de relaxar. Aos poucos, notou o rosto dela suavizar e seus olhos ficaram vidrados. Ela tinha entrado em estado de hipnose. Sua mente estava consciente, mas diferente do normal. Era hora da segunda etapa. Gu Jun começou: 

— Pavão, agora preciso que feche os olhos, abra sua mente e ouça minha voz, tentarei me conectar com seu subconsciente para que eu possa compartilhar os manuscritos, tenho certeza que podemos fazer isso.

— Hmm, ok… — ela respondeu com os olhos fechados. Gu Jun acenou próximo ao seu rosto. Isso não acordou-a, o que foi um bom sinal. Ele sabia que agora era a hora de explorar o subconsciente dela. 

— Preciso que você olhe para dentro de si mesma. — disse devagar e de forma estranha, e por algum motivo não era a paciente que estava nervosa. 

— Esqueça quem é Pavão por um tempo. Em vez disso, preciso que imagine uma porta vermelha diante de você em meio a escuridão. Está vendo a porta? Ótimo, agora preciso que você caminhe lentamente em sua direção…

— Oh! Estou vendo. — murmurou Pavão. — Ok…

Gu Jun lentamente fechou os olhos. Um vínculo cintilante permitiu-lhe ver a estrutura da porta vermelha diante dele também. A porta estava aberta e havia uma luz vindo de trás dela.

— Entre. Vamos ver o que há atrás daquela porta…Assim como tinha instruído, ele pode sentir a consciência dela entrando na porta vermelha. De repente, parecia que alguém tinha batido na cabeça dele com um martelo e tudo ficou terrivelmente distorcido.

Olá, eu sou o Urso!

Olá, eu sou o Urso!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥