Selecione o tipo de erro abaixo

Freesia estava gemendo por dentro com a impaciência de seu senhor quando Max falou novamente.

— Você disse que estava negociando com o Duque de Floyen com base em informações, não é?

— Ah, sim.

Freesia engoliu seco. O trato com o Duque era um segredo do Príncipe Herdeiro.

“Também é para o benefício de Sua Alteza… teria sido melhor se ele não soubesse.”

— Peça para ele se reunir.

Disse Max, interrompendo seus pensamentos.

— Perdão? Mas não há nada a relatar…

— Então invente algo.

As palavras frias de Max deixaram claro para Freesia suas verdadeiras intenções.

“Parece que ele está me usando como isca para afastar o Duque da mansão.”


Já fazia uma semana que eu estava confinada no meu quarto.

— Acho que você pode sair para caminhar agora.

Dei um sorriso ao ouvir Allen dizer que eu não precisava mais ficar trancada, mas esse sorriso se desfez quando olhei para o coelho de porcelana na mesinha de cabeceira.

“É muito provável que meu pai esteja planejando me comprometer com o Príncipe Herdeiro.”

Um suspiro escapou dos meus lábios.

Eu vinha pensando em maneiras de evitar o compromisso nos últimos dias, mas não importava o quanto tentasse, não conseguia encontrar uma solução.

“Se ao menos eu tivesse um homem, alguém que até meu pai reconhecesse, para fingir um relacionamento…”

Mas era verdade que não conseguia pensar em ninguém que se qualificasse.

Talvez Frederick Elios, filho do Primeiro Ministro, ou Mikhail, o protagonista desta novela. No entanto, alguém tão distinto como Frederick não aceitaria ser meu falso amante.

“Então a única opção é Mikhail, como na história original… mas, seja com Mikhail ou com o Príncipe Herdeiro, vou morrer de qualquer jeito.”

Suspirando e lamentando minha vida miserável, de repente ouvi um som de batida.

Assustada, olhei para trás e vi um rosto familiar na direção da varanda.

“O aprendiz do meu pai está aqui de novo.”

Suspirei novamente e caminhei até a janela.

“Por que esse homem sempre vem até mim em vez do meu pai? Alguém pode mal interpretar…”

Naquele momento, lembrei do recente escândalo que me envolveu, onde pensei que ele era o outro envolvido.

“Ah, é verdade. É isso!”

Abri a janela rapidamente, com um sorriso largo no rosto, e agarrei a mão dele com força.

— Bem-vindo!

— O que diabos é isso de repente?

Disse ele com voz séria e rosto duro.

Mesmo que seu temperamento fosse desagradável, ele era a solução para meu problema.

— Eh, nós…


— Sua Alteza, o máximo de tempo que posso conseguir para você é de duas horas. Deve deixar a mansão do Duque antes disso.

Lembrando das palavras de Freesia, Max olhou para a mansão ducal com olhos brilhantes.

“Por que ele não sai?”

Quando Max cerrou os dentes nervoso, viu uma figura familiar ao longe e sorriu.

“Finalmente está saindo.”

Max passou pelo jardim, evitando facilmente os guardas, e quando subiu na grade familiar, viu Juvelian.

“Vendo como está de pé, o tornozelo dela deve estar bem agora.”

Um sorriso surgiu involuntariamente em seu rosto ao vê-la, mas logo ele recuperou os sentidos.

“Por que estou sorrindo como um idiota? Não tenho muito tempo, então o que devo fazer…”

Só então Max percebeu que não tinha nenhum negócio com Juvelian. Murmurou para si mesmo.

— Isso está me deixando louco.

Ele se ressentia por fazer algo que nem ele entendia, mas a necessidade de vê-la o fez agir.

(Toc-toc)

Batendo na janela com os nós dos dedos, viu Juvelian se virar.

Pele branca como leite, cabelo prateado brilhando à luz, lábios rosados ligeiramente entreabertos e olhos violeta azulados peculiares.

Era o mesmo rosto que o atormentava há dias.

— Que olhar bobo você tem no rosto.

Resmungou, tentando ignorar seu coração acelerado, mas quando um sorriso brilhante apareceu no rosto dela, suas queixas se dissolveram.

“Bem, isso também é bonito.”

Enquanto olhava para o rosto dela, a janela se abriu.

— Bem-vindo!

Ao ouvir sua saudação e sentir sua pequena mão apertar a dele, seu coração disparou.

— O que diabos é isso de repente?

Temendo que ela percebesse que ele estava nervoso, Max reprimiu suas emoções e tentou repreendê-la.

No entanto, seu coração bateu ainda mais rápido ao ver o sorriso dela.

“Por que continua sorrindo mesmo quando sou rude?”

Pensando que ela estava tramando algo, Max a olhou intensamente.

— Eh, por que não saímos?

Mas ao ouvir o comentário inesperado, Max ficou atônito.

“Sair? Do que ela está falando?”

Max sentiu como se tivesse levado um soco na cabeça.

“Não me diga… você tem sido gentil comigo porque gosta de mim?”

Normalmente, odiava intenções impuras, mas, por estranho que pareça, não odiava essa ideia.

Pelo contrário, sentiu-se aliviado.

“Sim, deve ser isso.”

Quando estava tentando controlar a expressão e reprimir o sorriso que teimava em aparecer, ela falou novamente.

— Ah, digo isso só para evitar mal-entendidos, mas não estou dizendo que gosto de você. Na verdade, proponho um relacionamento contratual, então relaxe sua expressão.

Assim que ela disse isso, o rosto de Max se torceu de desagrado.1


Cabelos negros e olhos vermelhos como joias. Um homem bonito, cujo rosto perfeito agora estava franzido.

“Seu rosto emana a aura de um personagem principal…”

Como aprendiz do meu pai, ele era certamente excelente com a espada. E reconhecido pelo meu pai, não havia candidato melhor para fingir ser meu amante.

“Se ao menos ele cooperasse comigo…”

Um olhar feroz surgiu em seus olhos carmesim.

— Relacionamento contratual? Do que está falando?

“Que medo.”

Seu rosto estava sem expressão, mas ele parecia ofendido.

Refleti sobre o que poderia tê-lo incomodado. Logo encontrei a resposta.

“Ah, não mencionei as condições.”

Ouvi dizer que mercenários são sensíveis aos termos dos contratos. Se eu sugerisse algo desagradável, ele poderia simplesmente ir embora.

— Te darei tudo o que quiser, então por favor, finja ser meu amante.

O brilho em seus olhos ficou ainda mais mortal, mas continuei.

— Ah, claro, há um limite de tempo, então não precisa se preocupar. Só precisa fingir até que eu me mude de casa.

Ele relaxou a expressão e suspirou profundamente.

— Não sei por que quer sair de casa. Não estaria se complicando ao sair daqui?

Ri da sua visão simplista.

— Lembra quando te falei sobre a lista de possíveis noivos na mesa do meu pai?

Ele assentiu lentamente.

— Meu pai já escolheu quem será meu noivo.

— Se realmente odeia, não pode simplesmente recusar?

— Esse é o problema. Não posso, mesmo que queira.

Ele me lançou um olhar frio.

— Quem é ele que nem você, a filha de um Duque, pode recusar?

De alguma forma, isso me fez rir, como se ele estivesse exigindo saber quem me atormentava.

“Deve achar meu comportamento frustrante.”

Normalmente, eu deveria estar irritada como ele, mas achar isso engraçado.

— Por que está rindo?

Achando que eu estava rindo dele, seu rosto parecia ainda mais desgostoso.

— Ah, é que… uma risada escapou.

Enquanto desviava da pergunta, seu rosto ficou ainda mais sombrio.

— Quem é?

Ele era persistente.

“O importante não é quem é meu noivo, mas o fato de que estou sendo forçada a isso.”

Mas devido à sua teimosia, não tive escolha a não ser responder.

— Vou te contar, mas não pode contar a ninguém. Vou me meter em muitos problemas se alguém souber.

— Diga logo.

— Maximillian Cassein Hachette.

— Como assim, alguém assim… o quê?

— O Príncipe Herdeiro deste Império.

— O Príncipe Herdeiro é realmente seu noivo?

Perguntou, surpreso.

— Sim, foi o que eu disse.

Houve um momento de silêncio.

— Isso é estranho, não pode ser…

Sua voz estava cheia de dúvidas. Ele era ignorante o suficiente para insistir em falar informalmente comigo.

Decidi ser generosa e explicar a situação.

— Mesmo que não pareça, sou a filha de um Duque. Em termos de status, estamos logo abaixo da Família Imperial. Não importa quão ruim seja minha reputação, para a Família Imperial não seria uma perda, pois teriam meu pai como aliado.

— Isso é verdade.

Disse, satisfeito com minha explicação.

Parecia que finalmente entendia, mas decidi continuar.

— Mas se eu me comprometer com alguém da Família Imperial, não posso recusar depois de oficializado.

Há muito tempo, o grande mago Hachette fundou o Império Hachette.

Um monarca poderoso e sábio, usava magia para resolver os problemas do povo. Seus descendentes, os Imperadores, eram vistos como deuses.

Talvez por isso o rosto de Max estivesse tão rígido.

— Vou-Vou mostrar ao meu pai que estou namorando outra pessoa antes que ele sugira o compromisso. Não seria bom para a Família Imperial mostrar uma filha escandalosa que está com outro homem.

— E se o Príncipe Herdeiro não se importar? O que você fará então?

Ao ouvir essa possibilidade horrível, senti um arrepio na pele, mas respondi tentando reprimir meus sentimentos.

— Não há como isso acontecer. A Família Imperial estaria louca se aceitasse uma mulher com uma má reputação.

Ele franziu a testa ao ouvir “má reputação”.

“O que há de errado com ele?”

Seu repentino olhar sério me incomodou e me fez ficar em silêncio.

— Nunca se sabe. O Príncipe Herdeiro pode gostar de você.

“Eu? Gostar do Príncipe Herdeiro?”

No momento em que tentei imaginar isso, estremeci novamente, sentindo um calafrio.

“Na história original, ele desceu deliberadamente para me torturar. Isso não seria incomum.”

Se o Príncipe Herdeiro realmente se interessasse por mim, seria difícil escapar. Psicopatas se animam ao torturar e matar sem motivo.

Ante esse pensamento horrível, tremi novamente, mas logo me acalmei e declarei:

— Então terei que fugir.

E logo após minha resposta, o rosto de Max se endureceu como gelo.

  1. KKKKKKKKKK[]
Picture of Olá, eu sou o Babi.Bia!

Olá, eu sou o Babi.Bia!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥