Selecione o tipo de erro abaixo


『 Tradutor: Otakinho 』

Ma-Hyeol ponderou.

Ele compreendeu os princípios da Absorção e Vida alcançando o topo do céu. Ele naturalmente percebeu a existência de um vasto universo além dessa iluminação. Talvez houvesse um problema aí. Um mero pontinho, um humano, ousou vislumbrar os céus, incorrendo assim em sua ira.

Entre os céus e a terra havia uma vasta extensão que abrangia todas as criações. Da perspectiva do grande universo, os humanos eram diferentes da crença comumente conhecida. Eles não eram as entidades que ligavam os céus e a terra. Eram apenas partículas que subiam brevemente e eventualmente desapareciam.

Consequentemente, aqueles juízes celestiais que o condenaram ao inferno por meramente matar alguns desses seres foram, na verdade, aqueles que violaram a ordem cósmica.

No entanto, ele não tinha meios de se opor a eles. Enquanto Ma-Hyeol destruía a torre, ele ocasionalmente hesitava devido aos olhares que sentia do vasto céu acima. Para eles, estavam apenas olhando para baixo, mas para ele, parecia que sua alma estava congelando sob a pressão deles.

Mesmo agora, aqueles juízes celestiais o observavam.

“…!”

Naquele momento, Ma-Hyeol teve que parar seus pensamentos. Os espíritos que emergiam do campo adversário não eram problemáticos. Independentemente de suas aparências variadas e de seus intermináveis ​​respawns ao serem mortos, uma coisa estava clara. Eles não representavam nenhuma ameaça para ele. Eles eram simplesmente muito fracos.

O verdadeiro problema era seu líder.

Assim como Ma-Hyeol, o líder inimigo também ressuscitaria após um certo tempo de sua base. Agora, podia ver o líder retornando. Ma-Hyeol estava destruindo a primeira torre, mas parou apressadamente e começou a recuar. Embora o líder inimigo ressuscitado tenha fortificado suas armas na base, Ma-Hyeol se concentrou exclusivamente em destruir a torre, levando a uma clara disparidade de forças. O poder que emanava do machado do líder adversário era realmente diferente.

Um machado tão demoníaco. Preciso voltar para a base.

Enquanto Ma-Hyeol recuava para a zona segura, de repente ouviu algo.

– Não saia. Eu estou assistindo. Atraia o inimigo. Vou te ajudar.

Uma voz vinda da floresta ecoou na cabeça de Ma-Hyeol. Foi de um dos monstros do seu lado que surgiu uma criatura a quem foi confiada uma função semelhante à de um general.

Não era incomum monstros pensarem e falarem. Afinal, o inferno era um lugar assim. No entanto, era perturbador saber que um monstro possuía um poder equivalente ao dele, que havia alcançado o topo. Ele agora sabia que os humanos não pertenciam mais ao céus e terra.

Mesmo assim, um mero monstro dando comandos… De onde tirou a audácia de fazer isso?

– Esta é a minha segunda vez. Como você pode ver, estou aqui devido à vitória na batalha anterior. Se você deseja sobreviver, siga minhas instruções. Eu disse para não ir! Eu te disse!

Ma-Hyeol ignorou o apelo.

Ao retornar ao acampamento base, viu espíritos recém-convocados. Eles também estavam se preparando para a batalha. Embora seus olhos estivessem cheios de confusão e medo, não saíram da formação. Provavelmente foi devido ao comando gravado neles quando foram convocados para o inferno, assim como o comando impresso nele.

***

Ma-Hyeol chegou ao depósito de armas do acampamento base e um fantasma azul o cumprimentou.

– Olá. Você sabe, certo? Eu sou o dono daqui, Lu-Azo. Você não precisa de outra explicação, não é? Se você não consegue descobrir, você deveria simplesmente morrer. Haha! Você acha que olhares intimidadores vão me assustar? Por que você acha que eu deveria temer e morrer por causa disso? Ridículo.

Os olhos de Ma-Hyeol se contraíram. Como ousa está entidade menosprezá-lo dessa maneira? Isso era inconcebível no mundo dos vivos, fosse um humano, um fantasma ou um monstro. Tudo na terra fugiria apenas da sua sombra. Este pequeno fantasma azul flutuando teria tremido e fugido de sua mera sombra se tivessem se encontrado no mundo dos vivos.

Sim, tudo estava sob seu domínio até que o enviado do céu desceu. Desde a vida dos plebeus até a própria essência da existência, todos estavam sob seu comando.

O rosto de Ma-Hyeol endureceu ao se lembrar do emissário do inferno. O emissário, assumindo a forma de uma mulher, tinha um olhar totalmente frio. Sempre que ela olhava para ele, ele não se sentia diferente de qualquer outro ser inútil. Ele não sabia como foi morto por aquele emissário nem como foi arrastado até aqui. Quando recobrou o juízo, estava no meio do inferno com um único comando enraizado nele.

Continue a lutar. Para sempre contra seres como você. Continue a lutar. Continue a lutar.

Certo então…

“A torre foi destruída.”

Um barulho terrível ecoou dos céus.

– Por que você está tão atordoado? Você parece perdido. É a sua torre. Sua torre foi destruída. Lamentável. Você quer viver ou morrer? Se você não quer viver, basta ir embora. Eu, Lu-Azo, também estou bastante ocupado.

O fantasma azul sorriu novamente.

***

“Não posso trabalhar com nossa equipe. Se eu sair do meu lugar, nosso lado deverá cobrir isso. O que diabos o caçador está fazendo? Esses caras estão condenados.”

“O caçador está muito ocupado cultivando. É obviamente um bronze, não é, Mestre?”

“Parece que isso é muito fácil para você. Ouvi dizer que há rodadas melhores do que apenas entre bronzes. E agora…?”

“Sim?”

“Você está me mostrando um jogo de bronze porque estou no bronze? Isso é maldade.”

“Você ainda está no bronze? Eu não sabia. Sinto muito.”

“Esse lugar é inevitável até mesmo para um desafiante. Você já experimentou isso, você deveria saber.”

“Como você deve saber, comecei daí também.”

“Ser talentoso é uma história diferente.”

“Talentoso…”

“Gamer Butler. O mundo está curioso sobre você. Claro, você desapareceu de repente. Eu sinto o mesmo. Quero ver seu jogo novamente.”

“Me ligue a qualquer hora. Estou pronto.”

O sorriso de Joshua foi gentil, mas Seon-Hu sabia o esforço necessário para Joshua mostrar tal sorriso. Era um sorriso que agora se tornara perfeito demais, tornando-o ainda mais doloroso.

O mesmo acontecia mesmo durante a refeição. Joshua elogiou os pratos incessantemente e comeu com gosto, mas foi isso. Os sorrisos e elogios exibidos por Joshua não eram para si mesmo, mas apenas respostas aos outros.

Seon-Hu perguntou com um sorriso parecido com o de Joshua, “Certo?”

“Sim?”

“Há outro jogo em andamento?”

“Sim. Se você não estiver satisfeito, posso mudar para outro.”

“Não, eu deveria ir embora. Yeon-Hee deve estar esperando. E o jogo mais divertido não é uma batalha de bronze? Espero o mesmo da próxima vez.”

A essa altura, a tigela de Seon-Hu estava vazia, mas ainda havia comida na de Joshua. Parecia que Joshua não pretendia comer. O prato do qual Seon-Hu mais se orgulhava foi deixado intocado por Joshua. Nada funcionou. Nada poderia influenciar Joshua.

Tudo o que fiz por você foi forçar esse sorriso. Desculpa.

Seon-Hu ficou desanimado, mas escondeu isso tão bem quanto Joshua.

“Ansiosos por isso. Da próxima vez, trarei algo que você nunca imaginou.”

“Sim, estarei esperando. No entanto…”

“Sim?”

“Posso compartilhar está comida deliciosa com meus subordinados?”

“… Huh? Você quer dizer os membros da Equipe de Ataque da Praga?”

Era o nome que ele não pensava há algum tempo. Joshua lembrou-se deles. Ou estava lembrando de membros esquecidos?

“Se você permitir, desejo compartilhar isso com eles.”

“Eu teria preparado mais se você tivesse dito antes. Tudo bem. Eu dei para você, faça o que quiser.”

“Obrigado. Todos vão adorar.”

“Apenas um prato parece inadequado. Dar as sobras não é uma boa aparência. Quando comerem, seus subordinados retornarão ao que eram antes.”

“… Por favor, tome cuidado.”

Por um momento, a voz de Joshua vacilou, mas Seon-Hu não reagiu mesmo depois de ouvi-la. Pelo menos não externamente. Mas internamente, uma voz forte ecoou.

Seus esforços não foram em vão! Joshua estava mudando! E aquela voz explodiu para Yeon-Hee assim que ele voltou. Seon-Hu exclamou ao abrir a porta de sua cabine: “Não foi inútil! Joshua deixou um pouco de comida… O que está acontecendo?”

“Seon-Hu… eu…”

A sala estava bem organizada e Seon-Hu já havia alcançado seu status divino. Mas também havia intuição em um futuro pai.

A mudança não foi exclusiva de Joshua. Algo pequeno estava acontecendo dentro de Yeon-Hee também. Seon-Hu se aproximou de Yeon-Hee, pegando a mão dela.

“Vamos tentar ser bons pais.”

Olá, eu sou o Otakinho2!

Olá, eu sou o Otakinho2!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥