Selecione o tipo de erro abaixo

Meu avô arregalou os olhos e ficou me olhando por um longo tempo, surpreso.

— Como você sabia?

Felizmente, parecia que ele não tinha intenção de esconder até o fim.

— Se eu te contar, você vai ser honesto comigo?

— Eu irei.

O avô sorriu ao pousar a xícara de chá.

Não há nada que eu possa fazer.

— O anúncio da sucessão foi muito rápido.

Suspirei suavemente e comecei a responder.

— É um processo natural para eu ajudar meu avô como Patriarca Adjunto e aprender coisas gradualmente. E é um processo que geralmente leva vários anos. Mas meu avô fez isso em pouco mais de um mês.

— Isso é possível. Foi o que pensei, então fiquei de cama. No entanto…

Eu balancei minha cabeça.

— Reparei ontem quando você me chamou ao local onde havia reunido os vassalos. O que aconteceu ontem, não foi só para informar aos vassalos da decisão do meu avô de me tomar como sua sucessora, certo?

Com minhas palavras, um leve sorriso passou pelo rosto de meu avô.

— Então o que você acha que foi?

— … perguntas e respostas. Em um curto período de tempo, os lordes estavam preparados para fazer perguntas sobre mim que os convencessem.

Devido à natureza da família Lombardi, que tem uma grande lealdade para com a propriedade, o carinho especial dos ex-membros da família para com o líder às vezes se torna um problema.

O fenômeno de não aceitar e confiar em um novo governante às vezes ocorre.

Portanto, não é apenas a autoridade do Patriarca atual decidir o próximo chefe de família, mas os vassalos devem estar totalmente convencidos da decisão também.

Dessa forma, quando ocorre uma mudança de governo, a lacuna de energia pode ser minimizada tanto quanto possível sem alarde.

E isso é algo que acontece naturalmente por meio de um estágio educacional sucessor que ocorre ao longo de vários anos.

O Patriarca confia grandes e pequenas coisas ao Vice Patriarca ou ao sucessor e, naturalmente, cria oportunidades para trabalhar e colidir com os vassalos.

Então, quando o sucessor finalmente se torna o chefe de família, os vassalos sabem como é o novo chefe de família Lombardi, o que eles fazem bem e em que precisam de sua ajuda.

— A menos que eu tenha que tornar os vassalos meus em um período muito curto de tempo, meu avô não é o tipo de pessoa que toma tal decisão.

Eu poderia até ter cometido um deslize da língua na frente dos senhores.

Ou, em vez de capturá-los, eles poderiam ter se desencorajado.

Mas meu avô queria que eu fosse reconhecida rapidamente pelos senhores, mesmo correndo o risco de isso acontecer.

— Estou certa?

— … Você não pode ser enganada.

Meu avô riu.

Foi uma risada muito cansada.

— Quanto… é tão ruim assim?

— Haa… Flore se preocupa muito.

Meu avô riu levemente, mas eu não conseguia rir.

Achei que tinha mudado o futuro o suficiente ao voltar ao passado, mas pode haver exceções a qualquer momento.

Pode haver uma lei de regressão que eu não conheço.

Por exemplo, o tempo de vida de uma pessoa é fixo e não pode ser alterado.

— O remédio da Estella está funcionando bem. Não se preocupe muito.

Meu avô acariciou minha cabeça e disse.

— Eu estava impaciente porque se eu tivesse que exagerar ou colocar minha mente nisso, meu corpo não ouviria como da última vez.

Eu encarei os olhos do meu avô.

Era porque eu estava com medo de que fosse verdade.

— Ohh, vamos!

Ele continua acariciando minha cabeça.

Eu calmamente levantei minha mão e puxei para baixo a mão do meu avô que estava acariciando minha cabeça.

— … desde quando você está assim?

As mãos do avô tremiam delicadamente contra sua vontade.

— Quando eu acordei hoje, estava assim.

O avô falava com indiferença, como se fosse problema de outra pessoa.

— Já fui examinado pela doutora Estella. Ela disse que não tem nenhuma alteração no meu corpo e parece ser um sintoma temporário. Olha, está bem.

Meu avô riu e apertou suas mãos.

Fiquei um pouco aliviada com sua aparência.

É um ato simples, mas sei que é impossível se a doença do meu avô piorar.

— Estou assim porque estou relaxado. É tudo porque me sinto à vontade.

— Vovô…

— Tenho dirigido Lombardi por conta própria há décadas e agora que tenho uma neta confiável que vai assumir, meu corpo parece um pouco preguiçoso.

O que você quer dizer com preguiçoso?

O avô é a pessoa mais distante que conheço que você pode se chamar de ‘preguiçoso’.

— O tempo está me alcançando tarde.

— Então, devo abater meu sucessor novamente?

— Ei!

Minha piada deixou um pouco de solidão no rosto do meu avô.

Ele então olhou pela janela e disse:

— Não me arrependo dos anos que vivi para Lombardi. Mas, olhando para trás, vivi minha vida apenas como um Lombardi. Eu pensei que estava fazendo o meu melhor. Mas acho que ainda me arrependo.

Eu segui o olhar do meu avô e olhei para fora.

— Me solta! Eu vou encontrar meu pai! Me solta!

Vieze estava sendo arrastado pelos guardas e gritava.

— É uma declaração passageira, mas seria ótimo se eu pudesse voltar ao passado e viver novamente.

Resmungando em uma voz tão baixa, meu avô virou a cabeça e olhou para mim.

— Sinto muito, Flore.

— Por que você diria isso?

— Eu não deixei você ter outros problemas, por causa dos assuntos da família.

Parecia ser a situação de Vieze, que está hospedado na mansão Lombardi com um status modesto e Velsac, que ainda estava detido no palácio imperial.

— Flore.

— Sim, vovô.

— Talvez eu devesse ter dado a você a posição de Patriarca mais cedo do que eu pensava.

— Sim, eu entendo.

Eu imediatamente respondi com um aceno de cabeça.

Na minha vida anterior, meu avô continuou a trabalhar até o fim.

Era meu papel ajudar no trabalho, então sei como aquela época foi difícil e solitária.

— Por favor, dê-me todo o trabalho duro e tenha um bom descanso.

Então o avô viverá uma vida muito mais longa do que antes.

Eu vou fazer dessa forma.

— Você não tem medo?

— Não.

— Você, não está sendo ousada?

— Eu tenho uma personalidade ousada porque não tenho que fazer isso sozinha de qualquer maneira.

Eu encolhi meus ombros.

— Existem algumas famílias de vassalos que podem me ajudar e também tenho tia Shananet para perguntar se há algo que eu não sei. E, acima de tudo, estou com meu avô.

— … sim, ser Patriarca não significa que você tem que fazer tudo sozinha.

Os olhos castanhos calorosos do avô olharam para mim.

— Então, vovô, por favor, seja honesto comigo de agora em diante. Principalmente no que diz respeito à sua saúde.

Eu disse, segurando a mão do meu avô com força.

— … sim, eu vou.

— Não esconda isso nem nada no caso de você se preocupar comigo. Você tem que ser honesto comigo para que eu possa ajudá-lo.

Eu disse, deliberadamente, com uma voz um pouco mais brilhante.

— Se seus olhos ficarem turvos, vou ler todos os documentos e livros. Se andar ficar difícil, vou fazer uma cadeira de rodas e levá-lo a qualquer lugar. Vamos dar um passeio no bosque onde a vovó costumava ir, e assistiremos o pôr do sol juntos, vovô.

— Flore…

Vovô segurou minha mão com força.

E ele riu comigo e disse em tom de brincadeira.

— Então você vai dizer que não pode mais fazer isso porque é difícil?

— Não.

Eu balancei minha cabeça.

E eu disse com confiança.

— Eu posso fazer isso tudo.

Já se passaram anos na minha vida anterior e fiz de tudo.

— Sim, Sim.

Vovô não parecia acreditar em mim.

No entanto, seu coração parecia ter melhorado muito,

Conversei um pouco com meu avô.

E com cautela trouxe à tona o segundo propósito de visitar meu avô hoje.

— E há uma coisa para a qual preciso de permissão, vovô.


A carruagem de Lombardi me transportando alcançou a entrada do palácio imperial.

De longe, pude ver os soldados do Palácio Imperial, que confirmaram o padrão da família Lombardi, correndo para abrir o portão.

As carruagens de Lombardi são abertas a qualquer palácio sem serem verificadas.

Considerando que a força imperial não pode entrar na mansão Lombardi, é um tratado injusto.

Significava apenas que, se eu quisesse, poderia ir ao palácio onde a Imperatriz está localizada.

No entanto, meu destino hoje não é o Palácio da Imperatriz.

— Me leve para o prédio dos Cavaleiros.

O cocheiro dirigiu minha carruagem até o quartel-general dos Cavaleiros Imperiais.

Logo depois, eu estava em frente a um grande prédio de três andares feito de tijolos pretos.

— Qual é o problema… Por que a jovem está aqui?

O cavaleiro que guardava a frente se aproximou e perguntou.

Parece que ele não sabe quem eu sou, embora seu rosto estivesse inexpressivo, ele ainda parecia envergonhado.

— Vim me encontrar com o oficial encarregado da investigação da tentativa de homicídio de Sua Majestade.

Eu levantei minha cabeça com confiança, sentindo os incontáveis ​​olhares focados em mim, e disse:

— Vossa Alteza ,o Segundo Príncipe, está aqui?

— Bem, sim, mas ele está interrogando…

— Por favor, chame por ele.

— … sim?

O cavaleiro ficou sem graça e me pediu de volta.

— Eu disse a você para trazer Vossa Alteza, o Segundo Príncipe.

— Como você se atreve a vir e exigir Vossa Alteza… Além disso, ele está oficialmente de plantão.

— Você não estaria perguntando isso se você soubesse com quem está falando.

Só então uma certa expressão passou no rosto do cavaleiro imperial.

Olhei diretamente para o Cavaleiro e disse palavra por palavra.

— Vá e diga a ele ‘a Vice Patriarca de Lombardi deseja ver Sua Alteza, o Príncipe’—

E eu sorri brilhantemente.

— Consegues fazê-lo?

— Ah, eu farei!

— Eu não posso acreditar que você deixou seu convidado ficar do lado de fora.

Eu me senti tratada injustamente, mas não culpei o Cavaleiro por sua falta de habilidade no serviço ao cliente.

Não vou esperar muito de qualquer maneira.

Foi o que pensei e observei o cavaleiro pela janela.

Ele subiu ao segundo andar, abriu uma porta perto da escada e entrou.

Provavelmente é a sala de interrogatório.

E não foi até alguns segundos depois.

Imediatamente, a porta se abriu e Perez saiu.

Eu podia vê-lo descendo as escadas correndo, meio voando.

E olhando para mim ainda parado no caminho em frente à porta, ele correu mais rápido.

Perez se aproximou rapidamente de exatamente dois passos à frente e perguntou:

— Por que você não entrou?

— Como posso entrar se ninguém me convidou?

Com minhas palavras, Perez olhou para o cavaleiro da guarda-em-espera.

— Peço desculpas!

— Está tudo bem. Não estou aqui para ouvir pedidos de desculpas.

Eu disse isso e disse a Perez.

— Hoje, estou aqui para fazer meu trabalho oficial como Vice Patriarca de Lombardi.

— Trabalho oficial?

Mesmo no momento em que estou dizendo isso, não posso acreditar que este é meu primeiro trabalho oficial como Patriarca Adjunto.

No entanto, como Vice Patriarca, não posso fingir que não sei mais.

— Por favor, transmita os assuntos pessoais de Velsac Lombardi à família Lombardi, Vossa Alteza.

Picture of Olá, eu sou o Babi.Bia!

Olá, eu sou o Babi.Bia!

Comentem e Avaliem o Capítulo! Se quiser me apoiar de alguma forma, entre em nosso Discord para conversarmos!

Clique aqui para entrar em nosso Discord ➥